Queda de energia com o apt-get funcionando…

Certa vez, ao instalar um programa (não me lembro qual) com o comando apt-get, o computador foi desligado com falta de energia. Alguns dias depois, ao ligar o micro, fui usar o synaptic e nada foi possível se fazer, acusando erros mil!!!

Pesquisando por aí, achei a solução: houve uma “quebra” no funcionamento do apt-get, que seria o instalador do Ubuntu e derivados Debian. A solução, muito simples (agora, mas depois de várias horas de busca pela net!), seria executar, via terminal, o comando:

$ sudo dpkg –configure -a

Pronto. Desta forma, o sistema termina de baixar e instalar o que havia parado anteriormente de forma brusca.

Não se esquecendo que imediatamente antes de “configure” seriam dois hífens, e não um traço único contínuo, blz?

Anúncios

Alterar o endereço físico da placa de rede

O título deste tópico, explicando em miúdos, seria uma maneira de se alterar o código MAC da placa de rede.

Como em linux existem várias formas de se fazer a mesma coisa, listarei aqui duas. A primeira seria assim:

1. Passar para o shell modo não gráfico:

<Ctrl> + <F1>

2. Logar no sistema.

3. Executar comando como root:

$ sudo su <enter>

4. Parar o sistema de rede:

# /etc/init.d/networking stop

5. Acrescentar o novo MAC:

# ifconfig eth0 hw ether 00:11:22:33:44:55

6. Reiniciar a rede:

# /etc/init.d/networking start

7. Sair do modo root:

# exit

8. Voltar ao modo gráfico:

<Ctrl> + <F7>

9. Experimentar a navegação na rede com o novo código de rede:

$ firefox &

Bom, a segunda maneira seria substituir dois passos acima.

O passo 4, seria trocado para:

# ifconfig eth0 down

E o passo 6, seria:

# ifconfig eth0 up

Estes procedimentos habilitam a tua placa de rede, ou roteador de rede, para ser utilizado apenas neste login, ou seja, quando o computador for reiniciado, tudo será perdido, devendo-se proceder tudo novamente.

Deixo aberto aqui, a quem souber e quiser contribuir com mais informações, a maneira de se colocar tal procedimento no “start up” do sistema, para que ele seja carregado no início de logon.

Uma outra coisa que eu não comentei aqui é que, a explicação de como fazer já foi dada, agora os motivos para o fazer é que são “obscuros” e de pura responsabilidade de quem o fizer…