Site que gera mirrors para o Archlinux em qualquer localidade

O site chama-se “Pacman Mirrorlist Generator“, e encontra-se no link abaixo:

https://www.archlinux.org/mirrorlist/

Você escolhe o país, o tipo de protocolo, a versão de IP e, automagicamente, é gerado uma página mirror.

Daí é só colocar no teu arquivo “/etc/pacman.d/mirrorlist“.

Mirror_GeneratorMirros gerados:

Mirror_geradoBasta apenas descomentar as três últimas linhas do arquivo gerado acima.

Anúncios

Colocando os mirrors do Arch linux por ordem de acesso

Neste artigo irei ensinar a atualizar os mirrors do Arch linux e ordená-los por velocidade de acesso conforme a tua localidade, ou seja, conforme o teu país ou região mais próxima do mirror.

1 – Primeiro passo.

Atualizar os mirrors que estão localizados no /etc/pacman.d/mirrorlist:

# pacman -Syy

2 – Segundo passo.

Fazer backup do arquivo de mirrors do Arch linux:

# cp /etc/pacman.d/mirrorlist  /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp

3 – Terceiro passo.

Gerar o arquivo mirror atualizado, com os acessos ranqueados conforme a velocidade de acesso de tua localidade (país):

# rankmirrors -n 10 /etc/pacman.d/mirrorlis.bkp > /etc/pacman.d/mirrorlist

mirrorlist

Desta forma, será gerado dentro do arquivo /etc/pacman.d/mirrorlist, o rank atualizado com os mirrors mais rápidos, ou seja, com acesso mais rápido segundo a tua região/país.

É isso!

A ligeira raposa marrom ataca o cão preguiçoso

A ligeira raposa marrom ataca o cão preguiçoso. Talvez a maioria das pessoas não saibam, mas esta frase está contida no Microsoft Word, apenas para uso, creio eu, didático para a explicação das funcionalidades de formatação do Processador de Textos mais usado do planeta. Bem, esta frase fazia parte do meu cotidiano há 4 anos atrás, quando eu era instrutor de um curso de Informática, e fazia com que os alunos digitassem =rand(1,10) num documento em branco para gerar repetidas vezes a tal frase.

Entretanto…

Como sabemos que a cultura de nosso país é “xerox falhada dos States”, os cidadãos que fizeram a tradução do Microsoft Office nem se deram ao trabalho de buscar o significado desta frase em INGLÊS: The Quick Brown Fox Jumps Over The Lazy Dog.

Senhoras e senhores, apresento-lhes o Pangrama!!! (O quê?? traduz…) Segundo o Wikipédia,“Pangrama, ou pantograma, é uma frase com sentido em que são usadas todas as letras do alfabeto de determinada língua. A palavra vem do grego, “pan” ou “pantós” = todos, + “grama” = letra.” Sendo assim, “The Quick Brown Fox Jumps Over The Lazy Dog” jamais deveria ser traduzida como “A ligeira raposa marrom ataca o cão preguiçoso”, e sim por algum pangrama português, como:

  • “Um pequeno jabuti xereta viu dez cegonhas felizes.” (putz!)
  • “Gazeta publica hoje no jornal breve nota de faxina na quermesse.” (puuutz!!!)

 

O word incorporou esta facilidade, permitindo que, com uma pequena função, o técnico pudesse gerar a frase n vezes. O que estragou foi a tradução. Mas tudo vale apenas como uma mera curiosidade do Word da MSoffite.

PS: Tente você também, no Microsoft Word, digitar =rand(1,10) e teclar ENTER em seguida…