Instale Youtube-dl no Ubuntu e baixe vídeos em vários sites de um jeito bem simples e rápido

Precisando baixar vídeos na Internet? Que tal instalar e experimentar o Youtube-dl?  Ele é uma ferramenta de linha de comando que permite baixar vídeos do YouTube e outros sites semelhantes de um jeito bem simples e rápido.

youtube-dl

O aplicativo vem com muitos recursos úteis, ele traz opções para especificar a qualidade / formato de vídeo, adicionar o título original para o nome do arquivo de vídeo baixado, suportar proxy, extrair automaticamente áudio de vídeos baixados e muito mais. Recentemente, ele recebeu suporte a mais 17 novos sites: hotnewhiphop.com, auengine.com, gamespot.com, RingTV, wat.tv, traileraddict.com, tu.tv, instagram.com, Statigr.am, break.com, tudou.com, Jukebox, Wimp.com, CSpan, 3sat, brightcove.com e archive.org.

Além de sites adicionados recentemente, youtube-dl também suporta: YouTube (além de vídeos individuais também suporta listas de reprodução, pesquisas e vídeos do usuário), metacafe.com, vídeo do Google (incluindo pesquisas), Pinsthotobucket, Dailymotion, DepositFiles, blip.tv, Vimeo, myvideo.de, The Daily Show / Colbert Nation, The Escapist, CollegeHumor, arte.tv, Soundcloud, xvideos, infoq, mixcloud, Stanford Open Content, Youku, MTV, Xnxx, Google Plus e há também um downloader genérico que funciona com alguns outros sites.

Em comparação com a versão disponível nos repositórios do Ubuntu (13,04, 12.10 ou 12.04), existem muitas outras mudanças no youtube-dl mais recente (versão 2013.07.08.1), incluindo:

  • Melhor suporte para assinaturas criptografadas no Youtube;
  • Melhor suporte para vídeos de ArteTv;
  • Vimeo: permite fazer download de vídeos protegidos por senha;
  • YouTube: Um monte de trabalho para baixar vídeos VEVO;
  • Corrigido o download de vídeos do Google+;
  • Adicionado suporte para baixar legendas transcritas automáticas;
  • Adicionado suporte para baixar legendas em formato WebVTT (vtt);
  • Melhor suporte para campos de assinatura de criptografia do YouTube;Suporte ao download de feed subscrição do YouTube;
  • Dailymotion: corrigido o download do vídeo na qualidade máxima;
  • Corrigido o bash completion.

Instalar o Youtube-dl no Ubuntu

sudo apt-get install youtube-dl

Depois de instalado, para baixar um vídeo, basta use o seguinte comando em um terminal:

youtube-dl http://VIDEO_URL

Fonte:

http://www.edivaldobrito.com.br/instale-youtube-dl-no-ubuntu-e-baixe-videos-na-linha-de-comando/

BlackArch Linux – Uma nova distribuição para Pentesters

blackarch

Uma boa novidade para os profissionais de segurança: BlackArch! Para quem, assim como eu, gosta de como as coisas funcionam no Arch Linux essa é uma notícia particularmente boa, visto que o BlackArch não se trata realmente de uma nova distribuição, mas sim de uma extensão para o Arch Linux. Como assim? Bom, você possui duas opções para utilizar o BlackArch, sendo uma delas como uma distribuição completa, através de um Live CD, por exemplo, e a outra como uma extensão (um repositório de pacotes) para o Arch Linux, onde você poderá apenas inserir um repositório em sua já existente distribuição Arch Linux e ter acesso ao conjunto de ferramentas do BlackArch.

O BlackArch, atualmente, possui suporte para as arquiteturas i686 e x86_64, com previsão de suporte para ARM em breve (Sim, meu RaspBerry poderá se tornar uma ferramenta para pentests). No mais, o BlackArch hoje possui mais de 600 ferramentas, estando este número crescendo constantemente, e utiliza grupos modulares de pacotes, facilitando a instalação dos mesmos.

A ISO Live trás diversos gerenciadores de janelas ou ambientes gráficos, como o dwm, Fluxbox, Openbox, Awesome, Wmii, i3 e Spectrwm. É claro, ele também trás um instalador capaz de instalar a partir do fonte.

Dentre as ferramentas existentes estão: 3proxy, 42zip, acccheck, aesfix, against, airflood, airoscript, bluepot, blueprint, braces, bss, bully, cisco-ocs, cmospwd, dbd, dc3dd, deblaze, dhcpig, enumiax, fakedns, … Vocẽ não espera que eu liste todos os mais de 600, certo?

openbox

Configurando como um Repositório Não-Oficial

Se você já possui o Arch Linux instalado e deseja apenas inserir o BlackArch como um repositório em sua distro, execute os seguintes comandos como root, os quais servirão para assinar os pacotes: (Se você não possui o Arch Linux instalado e/ou simplesmente deseja rodar o Live CD ou instalar o mesmo por completo, seja em uma máquina física ou virtual, siga para a seção Instalando o BlackArch Linux utilizando a Live-ISO)

1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
 # wget -q http://blackarch.org/keyring/blackarch-keyring.pkg.tar.xz{,.sig}

 # gpg --keyserver hkp://pgp.mit.edu --recv 4345771566D76038C7FEB43863EC0ADBEA87E4E3

 # gpg --keyserver-o no-auto-key-retrieve --with-f blackarch-keyring.pkg.tar.xz.sig

 # pacman-key --init

 # rm blackarch-keyring.pkg.tar.xz.sig

 # pacman --noc -U blackarch-keyring.pkg.tar.xz

Em seguida, adicione as seguintes linhas ao seu arquivo /etc/pacman.conf:

1
2
  [blackarch]
  Server = <mirror_site>/$repo/os/$arch

Substitua <mirror_site> por um mirror de sua escolha, preferencialmente um dos mirrors oficiais contidos neste link.

Uma vez que você tenha seguido os passos acima, execute:

1
 $ sudo pacman -Syyu

Instalando os pacotes

Agora que você já preparou o terreno assinando e configurando o repositório do Black Arch, basta instalar os pacotes em seu Arch Linux.

Para listar todas as ferramentas disponíveis, execute:

1
 $ sudo pacman -Sgg | grep blackarch | cut -d' ' -f2 | sort -u

Para instalar todas as ferramentas, execute:

1
 $ sudo pacman -S blackarch

Para instalar uma categoria de ferramentas, execute:

1
 $ sudo pacman -S blackarch-<categoria>

Para ver as categorias existentes no BlackArch, execute:

1
 $ sudo pacman -Sg | grep blackarch

Instalando o BlackArch Linux utilizando a Live-ISO

Antes de mais nada, baixe a ISO a partir do site oficial.

Em seguida, dê boot na ISO e instale o script de instalação do BlackArch:

1
 $ sudo pacman -S blackarch-install-scripts

Agora, basta instalar:

1
 # blackarch-install

Fonte:

http://blog.marcelocavalcante.net/blog/2014/01/30/blackarch-linux-uma-nova-distribuicao-para-pentesters/

Site que gera mirrors para o Archlinux em qualquer localidade

O site chama-se “Pacman Mirrorlist Generator“, e encontra-se no link abaixo:

https://www.archlinux.org/mirrorlist/

Você escolhe o país, o tipo de protocolo, a versão de IP e, automagicamente, é gerado uma página mirror.

Daí é só colocar no teu arquivo “/etc/pacman.d/mirrorlist“.

Mirror_GeneratorMirros gerados:

Mirror_geradoBasta apenas descomentar as três últimas linhas do arquivo gerado acima.

Colocando os mirrors do Arch linux por ordem de acesso

Neste artigo irei ensinar a atualizar os mirrors do Arch linux e ordená-los por velocidade de acesso conforme a tua localidade, ou seja, conforme o teu país ou região mais próxima do mirror.

1 – Primeiro passo.

Atualizar os mirrors que estão localizados no /etc/pacman.d/mirrorlist:

# pacman -Syy

2 – Segundo passo.

Fazer backup do arquivo de mirrors do Arch linux:

# cp /etc/pacman.d/mirrorlist  /etc/pacman.d/mirrorlist.bkp

3 – Terceiro passo.

Gerar o arquivo mirror atualizado, com os acessos ranqueados conforme a velocidade de acesso de tua localidade (país):

# rankmirrors -n 10 /etc/pacman.d/mirrorlis.bkp > /etc/pacman.d/mirrorlist

mirrorlist

Desta forma, será gerado dentro do arquivo /etc/pacman.d/mirrorlist, o rank atualizado com os mirrors mais rápidos, ou seja, com acesso mais rápido segundo a tua região/país.

É isso!

Comprimir imagens no linux

Trimage image compressor – 1.0.5

a screenshot of Trimage

A cross-platform tool for losslessly optimizing PNG and JPG files.

Trimage is a cross-platform GUI and command-line interface to optimize image files for websites, using optipng, pngcrush, advpng and jpegoptim, depending on the filetype (currently, PNG and JPG files are supported). It was inspired by imageoptim. All image files are losslessy compressed on the highest available compression levels, and EXIF and other metadata is removed. Trimage gives you various input functions to fit your own workflow: A regular file dialog, dragging and dropping and various command line options.

Arch Linux

Trimage is available from AUR, to install, type:
# yaourt -S trimage-git

Fonte:
http://trimage.org/